DOSE DE REFORÇO

Profissionais de Saúde da linha de frente da pandemia recebem 3ª dose da vacina contra Covid-19 no sábado

 

Neste sábado, dia 9 de outubro, a Secretaria Municipal de Saúde, através da coordenação de Imunização, e a 14ª Regional de Saúde, dão início à aplicação da 3ª dose da vacina contra Covid-19 nos profissionais de Saúde que trabalham na linha de frente da pandemia e já foram imunizados com a 2ª dose há pelo menos 6 meses. A aplicação das doses acontece no Centro de Eventos, das 8h às 13h. 

 

Neste momento serão vacinados com a 3ª dose exclusivamente os profissionais de Saúde que estão na linha de frente da pandemia, conforme a lista de atividades descritas no Plano Estadual de Imunização. Os funcionários dos setores administrativos ou agentes de conservação de clínicas e hospitais ainda não entram nessa fase.

 

De acordo com o Plano Estadual de Imunização, se enquadram para receber a 3ª dose da vacina neste momento os seguintes subgrupos:

- Trabalhadores vacinadores/aplicadores da vacina contra a Covid-19;

- Trabalhadores de Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI);

- Trabalhadores de hospitais e serviços de urgência e emergência (UPA, Samu, Siate), de referência Covid-19, Clínicas de Diálise e serviços de Oncologia (exceto profissionais das áreas administrativas);

- Trabalhadores de Centros de Atendimento à Covid-19.

 

Para receber a dose de reforço, basta que os profissionais de Saúde se dirijam até o Centro de Eventos e apresentem: documento de identificação com foto, CPF, Cartão SUS, Cartão de Vacina, Carteira Profissional da Categoria (para comprovação de atuação na área) e um comprovante de vínculo empregatício com CNPJ da empresa. 

 

“Nós já solicitamos às instituições com setor Covid uma relação nominal de todos os profissionais de Saúde aptos a receber a 3ª dose da vacina neste momento. Por isso, os profissionais que trabalham na Santa Casa, UPA, Siate, Samu, UBS Centro (referência Covid), Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI), setor de oncologia da Unimed, APDE e Clínica do Rim, não precisam apresentar o comprovante de vínculo empregatício, já que serão vacinados apenas aqueles cujos nomes estiverem na lista fornecida. Os profissionais que trabalham em outras empresas de Saúde precisam levar o comprovante de vínculo empregatício em papel timbrado, constando o CNPJ da empresa, a função exercida na instituição e a declaração de que trabalha diretamente no setor Covid”, explica a diretora da Vigilância em Saúde.

 

Lembrando que as pessoas que foram positivadas para Covid-19 há menos de 30 dias, não poderão ser imunizadas neste momento.
 

Fonte: Assessoria Prefeitura

Galeria de Fotos